sexta-feira, 26 de maio de 2017

Política

TCU decide investigar megapropina de Temer

 
O Tribunal de Contas da União retomou a investigação de um contrato da Odebrecht com a Petrobras que atinge diretamente Michel Temer.
Fechado em 2009 por US$ 825 milhões, o acordo consiste na prestação de serviços de segurança e meio ambiente para unidades da Petrobras no exterior.
De acordo com dois delatores da Odebrecht, foi acertada uma propina de US$ 40 milhões para o PMDB, numa reunião presidida por Temer.
Em seu primeiro mandato, logo que soube do superfaturamento, a presidente Dilma Rousseff determinou à então presidente da Petrobras, Graça Foster, que reduzisse o contrato em 43%. Segundo o relato de Márcio Faria, número dois da Odebrecht, Graça Foster soube do pagamento ao PMDB antes mesmo de o contrato ser assinado e pediu explicações a Marcelo Odebrecht. O ex-presidente da empreiteira disse que não sabia quem eram os pemedebistas que estavam recebendo do dinheiro. O objetivo era saber se Temer estava entre os beneficiários.
Preso em Curitiba, Eduardo Cunha tentou questionar Temer sobre este contrato, mas suas questões foram vetadas pelo juiz Sergio Moro.
Leia a reportagem de Murillo Camarotto, que traz mais detalhes sobre o caso.
De Brasília, Brasil 247, em 26/05/2017, 09h40

Geral

Evento chama a atenção para a importância de brincar na infância
 Rio de Janeiro - Comemoração do Dia das Crianças e de 27 anos do Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro com atividades educativas infantis (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Semana do Brincar inclui atividades em todo o país (Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Acesso amplo à tecnologia, falta de segurança nos espaços públicos ou de tempo na agenda cheia de compromissos. Atualmente, vários aspectos da rotina dificultam a dedicação das crianças a uma atividade básica e essencial para o seu desenvolvimento pleno: brincar. “É a única obrigação da criança. É a linguagem dela, a expressão cultural, a maneira como ela se relaciona com o mundo e como o descobre”, explica Letícia Zero, coordenadora da secretaria executiva da organização Aliança pela Infância.
Há 15 anos, a entidade organiza atividades de incentivo à brincadeira no Brasil. Neste ano, promove a oitava edição da Semana Mundial do Brincar, pouco antes do Dia Mundial do Brincar, comemorado em 28 de maio. A programação inclui palestras, rodas de conversas e mobilizações para as famílias, além de brincadeira para crianças e adultos. O evento se encerra no domingo (28). Em 2016, cerca de 200 mil pessoas aderiram à proposta em mais de 200 municípios brasileiros.
Letícia explica por que é importante ter uma data exclusiva para estimular a brincadeira, atividade tão simples e natural na infância. “Quanto as crianças de 50 anos atrás brincavam mais do que as crianças de hoje? Elas tinham mais tempo e espaço para isso. Toda a mudança do mundo e as tecnologias fazem com que as crianças de agora cresçam rápido demais. A gente pensa em toda a competitividade e sucesso e por isso quer que elas aprendam matemática, inglês, natação, e a gente acaba criando uma agenda cheia de atividades que tomam o cotidiano da criança e ela fica sem o fator que é mais fundamental para o desenvolvimento dela”, sintetiza.
A contradição entre a busca pelo desenvolvimento infantil que opõe as atividades dirigidas ao brincar livre norteou a escolha do tema desta edição: “O brincar que encanta o tempo”. “Quando uma criança mergulha na brincadeira, ela para o tempo. Os longos intervalos de tempo para a criança criar, socializar, estar com ela mesma, imaginar, são muito preciosos. As crianças agora vivem o tempo dos adultos e os adultos andam muito apressados. É importante lembrar aos adultos que esse tempo é necessário e que a gente precisa colocar em nossa agenda o tempo para brincar”, aconselha a professora Mariana Campello, ativista pela infância e organizadora da Semana do Brincar em Brasília. Na capital, desde o domingo estão sendo realizadas atividades para pais e filhos.
Para participar do movimento, não é necessário atuar na área nem ser ligado à nenhum órgão específico. Basta propor as brincadeiras ou atividades gratuitas e que valorizem a união de pessoas de diversas idades e culturas. Para inscrever uma atividade, acesse a página do movimento.
De Brasília, Adriana Franzin - Repórter da Agência Brasil, 26/05/2017 06h31

Reflexão sobre o ambiente escolar

Escola Maria José Santos Ferreira Gomes promove talk show “Fala Juventude”
Exibindo Escola Maria Jose - Fala Juventude.jpg
Escola Maria José Santos Ferreira Gomes promoveu, nos dias 18 e 19 de maio, o primeiro talk show “Fala Juventude” para os estudantes das turmas de 9° ano. O objetivo da ação foi diversificar a rotina dos 130 alunos que estão diariamente em tempo integral na escola e refletir sobre o ambiente escolar.
Exibindo Fala Juventude.jpg
Durante o talk show, os estudantes tiveram música ao vivo e momentos de integração, além de debateram sobre ideias para melhorar as atividades no tempo integral e o ambiente escolar e abordaram assuntos como, o relacionamento entre professor e estudante, o processo de ensino-aprendizagem, protagonismo juvenil e importância do estudo para um bom projeto de vida.

Para o diretor da escola, o objetivo de todo o núcleo escolar, família, professores e funcionários, foi alcançado. "Plantamos uma semente. Queremos despertar nos jovens o prazer de estudar. Sabemos que esse processo é longo, que passa por uma mudança cultural desses jovens, contudo as sementes foram lançadas, resta-nos, agora, cuidar, ser perseverantes e criativos com tais estratégias”, disse Pedro Grandson.
Por Gabriele Oliveira, da Assessoria de Comunicação da Secretaria da Educação de Sobral, 26/05/2017

Lava Jato - 41ª fase

PF deflagra nova fase da lava jato e mira operadores do PMDB
 Marcelo Camargo/Agência Brasil
Agentes da Polícia Federal estão nas ruas do Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal na 41ª fase da Operação Java-Jato.
Segundo a TV Globo, os alvos são os lobistas Jorge Luz e Bruno Luz, tidos como operadores na ação que apura pagamentos de propina ao PMDB.
Jorge Luz e o filho dele Bruno Luz já foram alvos da 38ª fase da Lava-Jato. 
Segundo as investigações, Jorge e Bruno estão envolvidos em pelo menos seis episódios de corrupção e lavagem de dinheiro no esquema da Petrobras e foram citados por ao menos dois delatores da Lava-Jato: Paulo Roberto Costa e Fernando Soares, o Baiano.
A atual operação tem a ver com irregularidades de complexas operações financeiras realizadas para aquisição, pela Petrobras, de um campo de petróleo no Benim, na África. A operação foi batizada de Poço Seco devido aos prejuízos da Petrobras na compra do empreendimento.
Os investigados responderão pela prática dos crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro dentre outros.
Os presos serão trazidos para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba quando autorizados pelo juízo competente.
De Brasília, Brasil 247, em 26/05/2017, às 07h37

Mordomia

Servidora que seria babá de Michelzinho é nomeada em novo cargo na Presidência
 
Leandra Barbosa dos Santos Brito, que ganhou notoriedade há duas semanas, ao ser apontada como babá do filho do presidente Michel Temer com remuneração (de R$ 5.000,00) bancada pelo Palácio do Planalto, foi nomeada pela Casa Civil da Presidência da República para exercer o cargo de assessora técnica no gabinete pessoal do presidente Temer.
A nomeação foi publicada nesta quinta-feira, dia 25, no Diário Oficial da União. Na época em que o jornal "O Globo" divulgou que a servidora era babá de Michelzinho, o Planalto e o próprio presidente negaram a informação.
A edição do DOU não trouxe a exoneração de Leandra do cargo de assessora técnica no Gabinete-Adjunto de Informações em Apoio à Decisão do Gabinete Pessoal do Presidente da República (Gaia), que ela já ocupava.
De acordo com reportagem do "Globo", Leandra disse que não é babá do filho do presidente, mas não teria especificado o tipo de trabalho que desenvolvia no Planalto. A reportagem contou ainda que Leandra dá expediente no Palácio do Jaburu e acompanha a família de Temer em viagens.
No dia 15 de maio, durante entrevista a rádios regionais, Temer, irritado, negou que a funcionária fosse babá de seu filho. "Se a (funcionária) não puder prestar serviços por lá (no Palácio do Jaburu), isso vai ser reformulado", disse na ocasião.
Temer explicou também, na ocasião, que saiu da estrutura da Vice-Presidência para a da Presidência e que agora está havendo fazendo adequações "se pode ou não haver serviços por lá." De acordo com ele, as atividades tanto do Palácio da Alvorada quanto do Palácio do Jaburu são formalizadas por meio de atos do Planalto.
Com informes de O Povo Online, em 26/05/2017